NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

sexta-feira, 27 de novembro de 2020

QUILOMBO: Panda Reis lança livro “O Problema é o Tabuleiro, Não as Peças”, confira!

Nota:

Ativista do movimento negro e libertário há mais de 30 anos, formado em história, com pós-graduação em história afrodescendente, o baterista e vocalista da banda QUILOMBO acaba de publicar seu primeiro livro.

“O Problema é o Tabuleiro, Não as Peças” é um trabalho que segundo o escritor: “é uma compilação de textos e artigos escritos durante os últimos anos, textos que falam da desumanidade que assola o mundo, dos problemas sociais e raciais que existem no globo, mas principalmente em países pobres, ex-colônias europeias. Textos que atacam e denunciam o racismo estrutural brasileiro, o desprezo com os miseráveis e todas as minorias que sempre sofreram por aqui, mas que devido a atual mudança do quadro político brasileiro, tem estado em piores condições no momento”, e completa: “esse é meu primeiro livro, e o nome dele já traduz de cara o conteúdo que nele contém, mudam as peças (partidos e políticos), mas o jogo permanece o mesmo pois o tabuleiro (o sistema, capitalismo e neoliberalismo) continua o mesmo”.



“O Problema é o Tabuleiro, Não as Peças” foi lançado em parceria com a editora Dead Mouse Design e está disponível no formato físico por apenas R$ 31,84 ou em ebook pelo valor de R$ 20,45 e pode facilmente ser adquirido pelo site Clube de Autores, acessando o link a seguir: https://clubedeautores.com.br/livro/o-problema-e-o-tabuleiro-nao-as-pecas#

Imprensa interessada em resenhar ou entrevistar – de forma escrita, gravada ou em lives – a banda escreva para contato@sanguefrioproducoes.com ou diretamente pelo WhatsApp/Telegram pelo número (46) 98838-7204 e solicite o press kit.

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Fonte: Sangue Frio Produções

ORTHOSTAT: Banda será destaque no programa Pancadaria Sonora, saiba como ouvir!

Nota:

No próximo dia 01/12/2020 (terça-feira), os catarinenses do ORTHOSTAT estarão participando do programa Pancadaria Sonora, apresentado por Thiago Queiroz.

A banda estará concedendo uma entrevista exclusiva, que poderá ser acompanhada pela Rádio Container Pub Stop, acessando o link a seguir: https://www.radiocontainerpubstop.com/




Pancadaria Sonora é reprisado também pelas seguintes rádios:

Rádio Baixada Santista – Toda quinta-feira a partir das 18 horas: https://www.radiobaixadasantista.com.br/

Skate Metal Old Web Rádio – Toda sexta-feira a partir das 18 horas: https://www.skatemetalold.com/

Web Rádio Taverna – Toda sexta-feira a partir das 20 horas: https://webradiotaverna.minhawebradio.net/

Em paralelo, o ORTHOSTAT divulgou recentemente o vídeo oficial para seu novo single, intitulado “Null”, assista:

https://youtu.be/4iDdZ3N988U

Encontre esta faixa nas principais plataformas de streaming:

Spotify: https://open.spotify.com/album/367toiHLMCyfuf02T2qDvf
Deezer: https://www.deezer.com/br/album/173647862
iTunes: https://music.apple.com/br/album/null-single/1531815242
Amazon Music: https://music.amazon.com.br/albums/B08J3Q2W5J
Claro música: https://www.claromusica.com/album/14617203/BR

https://sanguefrioproducoes.com/upload/imagens/mediaset/ORTHOSTAT_Null_Cover_Lo_Res.jpg

Contato para shows (PRESENCIAIS ou em LIVES):
E-mail: davidlago@live.com
WhatsApp/Telegram: (46) 98838-7204 – Sangue Frio Produções

Imprensa interessada em resenhar ou entrevistar – de forma escrita, gravada ou em lives – a banda escreva para contato@sanguefrioproducoes.com ou diretamente pelo WhatsApp/Telegram pelo número (46) 98838-7204 e solicite o press kit.

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato


Sites relacionados:
https://www.facebook.com/OrthostatDM
https://www.youtube.com/channel/UCcmUFU2I1rpPOZf5BRyL9rQ
https://orthostat.bandcamp.com/
https://sanguefrioproducoes.com/artistas/ORTHOSTAT/65


Fonte: Sangue Frio Produções

Ratos de Porão, com João Gordo, toca ao vivo após mais de um sem shows

Nota:


Banda celebra 40 anos neste sábado (28), em show fechado no Family Mob, mas com transmissão ao vivo pelo Youtube

Ratos Sto Andre INTEIRAPB

Foto: Divulgação/Ratos de Porão

Além de comemorar os 40 anos de Ratos de Porão, o show em formato live deste sábado (28), no Family Mob, marca o retorno da icônica banda punk ao palco e com João Gordo de volta aos vocais, mesmo que desta vez sem público e somente com transmissão – ao vivo e gratuita – a partir das 19h, pelo Youtube do Panelaçohttps://www.youtube.com/watch?v=bNHssTDzyac.

A última apresentação do RDP com formação completa foi no início de agosto, quando João Gordo precisou se afastar por problemas de saúde – está devidamente bem e bastante ansioso para este show. O evento é uma realização da Vans Off The Wall e terá apresentação do jornalista Marco Bezzi, do canal Galãs Feios. A produção é da Powerline Music & Books.

Na live, o Ratos de Porão repassará toda a trajetória ao longo das quatro alopradas décadas de estrada. O especial será dividido em quatro blocos, uma década por vez – dos anos 80 até os dias de hoje, isto é, desde o indefectível ‘Crucificados pelo Sistema’ até o mais recente, ‘Século Sinistro’.

Personalidades que influenciaram e fizeram parte da história da banda foram convidadas para participar do Vans Apresenta Especial Ratos de Porão 40 anos. Aparecerão nas pílulas, entre os blocos, que abordam temas sociais e políticos, sempre presentes nas letras e discursos do RDP. Alguns deles são Andreas Kisser (Sepultura), Supla, Mano Brown, Rodrigo Lima (Dead Fish), Carlos Lopes (Dorsal Atlântica), entre outros.

Mais informações sobre este evento histórico nas mídias da Powerline Music & Booksinstagram.com/agenciapowerline ou facebook.com/AgenciaPowerline.

RDP-40 2

Sandyalê mostra todas as formas de amor no pop psicodélico Sua

Nota:


Novo single da cantora sergipana é mais uma faixa da Aceleração Musical Labosonica – Edição Toca do Bandido

DSC00759 corte

Crédito: Natalí Brasil

É uma canção que exalta o amor, a paixão, a descoberta, é uma declaração, revela a cantora sergipana Sandyalê sobre a nova música Sua, já nas plataformas digitais via Aceleração Musical Labosonica – Edição Toca do Bandido. Ouça aqui: https://rebrand.ly/sandyale-single-sua.

Sua também saiu em formato lyric video, confira: https://youtu.be/pyn0qmKBMOg.

Numa atmosfera pop psicodélica, a letra retrata todas as formas de amor, mas também sobre receio. “Fala também do medo de se entregar, de aceitar um novo romance”, completa a artista, hoje um dos nomes em ascensão do pop contemporâneo.

Para Constança Scofield, gestora do estúdio Toca do Bandido, Sandy tem um domínio rítmico incrível, desenvolvido no início da carreira, quando tinha um contato intenso com o reggae. “É uma habilidade determinante na criação de sua identidade, percebida tanto na divisão musical, quanto nas letras”, ressalta.

De acordo com Sandyalê, Sua saiu como um poema, escrito de uma vez só, que acabou virando música. “Foi uma daquelas coisas que vêm na mente e você sente vontade de escrever sem parar. Tudo muito recente, dava para sentir o cheiro e o sabor das coisas, acabou virando um registro para reviver o momento", relata.

Felipe Rodarte, produtor musical e um dos mentores do projeto, aponta que Sua demonstra uma ambiguidade, podendo ser também uma conexão entre corpos, do suor que escorre no corpo. “Um encontro de casal, a partir do momento que ela se entrega, cria essa propulsão de líquidos, de suar. A voz da Sandyalê foi toda construída no sentido de trazer intimidade”, explica.

A cantora revela que teve dificuldades para finalizar a música, mas com a contribuição de Dudu Prudente, Pedro Lião e Marcelo de Lamare sob a produção musical de Felipe Rodarte, a letra ficou mais delicada, envolvente e sensual, com direito a sussurros no pé do ouvido. “É pra ouvir juntinho do seu amado ou da sua amada. Ou de ambos”, brinca Sandyalê.

Sobre Sandyalê

É cantora e compositora de Aracaju (Sergipe). Em outubro de 2019 lançou seu segundo disco, “Árvore Estranha”, o álbum foi produzido por Dudu Prudente e apresenta uma atmosfera new wave, baseada em baterias eletrônicas, sintetizadores e samplers.

Sob forte influência de Fiona Apple, Kraftwerk e das francesas Fishbach e Charlotte Gainsbourg, “Árvore Estranha” fala de solidão e saudade, ao mesmo tempo que aborda o empoderamento e o amor, sobretudo o amor-próprio.

Em 2014, aos 23 anos, Sandyalê lançou seu primeiro álbum, “Um no Enxame”, onde explorou timbres orgânicos do reggae, da música regional e da MPB aliados ao trip-hop.

CAPA sandyale.png 3 1 red

Arte: Julio Andrade (@julicovisk)

Ficha técnica de Sua

Produzido e gravado por Felipe Rodarte no Estúdio Toca do Bandido
Mixado por Fabricio Matos
Masterizado por Ricardo Garcia

Sandyalê - voz e coros
Dudu Prudente - Bateria
Marcelo de Lamare - Guitarra e synth
Pedro Lião - Synth

Aceleração LabSonica - Edição Toca do Bandido e selo Toca Discos - O edital da aceleração musical LabSonica, que teve 900 inscritos de todas as regiões do Brasil, reúne 21 artistas que se apresentaram ao vivo no Festival LabSonica, ocorrido entre 15 e 17 de agosto no canal do Oi Futuro no YouTube.

Seis destes nomes foram selecionados para a produção de Eps e mentorias, orientadas por profissionais especializados. Os músicos também têm três músicas produzidas com a orientação e condução da diretora artística Constança Scofield e do produtor musical Felipe Rodarte.

Opium: canção da Neverwinter foi escrita sob efeito de opiáceos


Nota:

Conhecido há mais de seis mil anos, o ópio é utilizado até hoje a fim de livrar o corpo da dor. E é a partir desta substância milenar que surge a inspiração para a letra de “Opium”, da Neverwinter (PR). 

Presente no disco de estreia, Air Castle (2019), a música ganha nova vida com a versão acústica protagonizada por Fernanda Zys (voz) e Higor Hoenig (violão, maraca, cajon, piano e baixo). A performance acolhedora foi gravada no home studio da banda, que também atuou na produção, gravação, maquiagem e mixagem.

“A letra fala essencialmente sobre medo. É uma prova de que tudo pode ser visto de uma forma poética e que a inspiração para a música pode vir de qualquer lugar. Por causa do ballet, eu tive problema nas unhas dos pés e tive que passar por duas cirurgias. A segunda foi bem invasiva e meus dedões ficaram todos costurados, foram seis longos meses de recuperação e muita dor. Numa das pioras, senti tanta dor que meu médico teve que me receitar analgésicos à base de ópio, era a única coisa que melhorava a dor”, relembra Fernanda Zys, compositora da letra.


Embora hoje seja a música mais popular da Neverwinter, a canção “Opium” foi recebida com espanto pelo companheiro de banda, Higor Hoenig. 

“A cara de choque do Higor quando eu cheguei para ele e disse que estava escrevendo uma música sobre meu dedo do pé recém-operado! Foi algo como ‘que merda você está fazendo com as músicas da banda?’. Mas eu disse ‘relaxe, estou escrevendo de uma forma bem poética, vai ficar bom’. E realmente, é a nossa música mais ouvida.”, afirma a vocalista.


Enquanto a letra foi escrita sob efeito de opiáceos, por isso o nome, a melodia foi pensada para ser simples e objetiva. “A introdução é serena e etérea, tanto pela melodia quanto pelos efeitos usados na guitarra, que são chorus e reverb, e quando a distorção entra em cena é como se algo despertasse na música.

O diferencial do instrumental dela está em não ter um solo de guitarra, mas sim em ter um solo de baixo bem calmo e envolvente. As bases na guitarra são bem definidas e objetivas para dar mais foco ao vocal, e poucos acidentes na escala para trazer uma certa tensão a melodia.", analisa Higor Hoenig.


A faixa “Opium” é a primeira de uma série de versões acústicas que serão lançadas pela Neverwinter. 

As canções farão parte de um EP acústico, com previsão de lançamento para o próximo ano. A ideia do acústico, segundo Fernanda, é que a música pudesse ser cantada integralmente com acompanhamento do violão.


“A versão original tem vozes sobrepostas que foram cantadas em takes distintos, dividindo-se entre graves e agudos. Para deixar o mais natural possível, o vocal foi gravado num take só, com essa alternância de grave para agudo acontecendo naturalmente.”, acrescenta.


Criada em 2018, em Curitiba (PR), a Neverwinter foi fundada pelo multi-instrumentista e compositor Higor Hoenig. Com fortes influências do metal sinfônico, metal melódico e power metal na melodia, as letras criadas por Fernanda Zys são inspiradas na literatura do século XIX. Para as composições, a soprano busca influência do Joy Division, The Cure e HIM.

 

Assista a versão acústica de Opium:  https://youtu.be/Fbsrabd5sXw

Ouça Opium nos streamings: https://song.link/br/i/1488043920

Forkill: Vídeo de "Warlord" dá sequência à série de lançamentos da banda carioca

Nota:

A banda carioca de Thrash Metal FORKILL está divulgando o vídeo da música “Warlord”, dando seguimento a um ciclo de vídeos disponibilizados nos últimos três meses. 

Todos os vídeos foram gravados no Calabouço Estúdio, contando com a edição de Nilmon Filho (Zombie One Records) e produção sonora de Daniel EscobarRonnie Giehl (guitarra),  Igor Rodrigues (guitarra/vocal), Gustavo Nascimento (baixo) e Rodrigo Tartaro (bateria) decidiram lançar os vídeos tanto para saciar a vontade de tocarem juntos quanto a necessidade de mostrar ao seu público que a banda está viva e atuante. 

Nos meses anteriores o FORKILL havia lançado vídeos para as faixas “In Your Face” e “Let There Be Thrash”, disponibilizados logo abaixo.

 

Assista ao vídeo de “Warlord”:

https://www.youtube.com/watch?v=NCy67rLk7f8



O processo de composição e pré-produção do sucessor do álbum “The Sound of the Devil’s Bell” está tendo um bom andamento, segundo o guitarrista Ronnie Giehl, informando que incluirão uma música instrumental no track list, além de faixas já divulgadas, como “Behind the Mask” “Brain Shapped Youth”, num total de dez novas composições. 

Além disso, regravarão a faixa “The Joker”¸ presente originalmente no debut “Breathing Hate” (2013) e prestarão uma homenagem aos thrashers do Attomica com um cover da clássica “Deathraiser”, que será incluída como bônus track. 

Outra música inédita que deverá ser disponilizada em breve é “Killed at Last”, que fará parte da primeira coletânea virtual da Wargods Press. 

A música terá lançamento exclusivo na coletânea, e depois entrará como bônus track do próximo álbum, bem como ganhará um vídeo clipe oficial em breve.

 

Assista ao vídeo de “In Your Face”:

https://www.youtube.com/watch?v=uAyj5MKj4ps

 

Assista ao vídeo de “Let There Be Thrash”:

https://www.youtube.com/watch?v=ucpnFLhLv_g

 

Ouça “The Sound of the Devil’s Bell” no Spotify:

https://open.spotify.com/album/47YQKKPjbzINVE7XsvR5F2

 

Contatos:

Facebook: http://www.facebook.com/forkill.thrash

Instagram: http://www.instagram.com/forkillofficial

Youtube: http://www.youtube.com/forkillofficial

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Wolfheart And The Ravens: Novo single e vídeo clipe com pianista da Bielorrússia homenageia Peter Steele

Nota:

A banda de Gothic Metal WOLFHEART AND THE RAVENS continua seu projeto de lançar um single por mês e desta vez o homenageado é o multiplatinado e simbolo maior do Gothic Metal mundial, Type O Negative

Desta vez  a banda contou com parceria da famosa pianista da Bielorrússia Anastasyia Shallik, conhecida pelo canal Metal Heart no Youtube, onde costuma interpretar ao piano clássicos do Black e Dark Metal. "Eu sempre quis homenagear de forma oficial o Peter Steele e o Type O Negative, e por anos venho convidando alguns amigos músicos brasileiros para gravar comigo a “Wolf Moon”, mas nunca deu certo.  Neste ano completou dez anos de sua morte, eu queria muito realizar esta homenagem, eu devia isso ao Peter e ao Type O Negative, que foi uma grande influência não só para eu montar o Ravenland, mas para o Gothic Metal mundial, influenciando inúmeras bandas”, revelou o vocalista Dewindson Wolfheart.

 

Sobre a parceria com Anastasyia Shallik¸ o músico explicou como rolou o convite: “Quando conheci a Anastasyia, admirei demais o belo trabalho dela interpretando a “Mother North” do Satyricon, na sequência descobri ela tocando Lord of The Lost que é uma das bandas quais eu tenho realmente sentido o Gothic Metal vivo, então resolvi convidá-la para gravar a “Wolf Moon” comigo e ela aceitou na hora."  

O lançamento será no dia 30 de novembro, segunda-feira, e para conferir este e outros vídeos e músicas da banda WOLFHEART AND THE RAVENS, siga-os nas redes de streaming como o Spotify e o canal da banda no Youtube.

 

Confira o vídeo clipe da música “Opium”, que homenageia a banda Dead Can Dance:

https://www.youtube.com/watch?v=GCNiGX_rtho

 

Conheça aqui o trabalho de Anastasyia Shalik interpretando Lord of The Lost e outros:

https://www.youtube.com/watch?v=J7rU3H_X-5Q

 

Ouça o último single, “Gimme Your Blood”:

https://open.spotify.com/album/2SqSzrWoa6lSxjTBr6C8Qr


Contatos:

Site: www.wolfheartandtheravens.com

Facebook: https://www.facebook.com/WOLFHEARTandTheRavens

Instagram: https://www.instagram.com/wolfheart_and_the_ravens

Youtube: www.youtube.com/user/dewindsonvocal
Spotify: 
http://bit.ly/WATRSpotify

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Proxima  → Página inicial

ROCK VIBRATIONS NO FACEBOOK!

VISITAS

MAIS LIDAS DA SEMANA!